sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Escola Blogspot

Já pensou em ter seu próprio blog, onde possa descrever uma opinião ou compartilhar assuntos variados? Ou melhor, fazer tudo isso e ainda ganhar dinheiro?

Aprenda tudo isso em Escola Blogspot e coloque em prática tudo que irá aprender AGORA MESMO.

Este é o blog do meu amigo Rafael Dias, que teve uma idéia brilhante de ensinar técnicas e caminhos para o sucesso. Experimente você também. Aprenda a personalisar todo seu blog, tornando-o atraente, para que possa ter mais visitantes.

E mais:Como ganhar dinheiro com o Google Adsense, Como ter seu site grátis, Como Montar seu Próprio Negócio e Ganhar Dinheiro pela Internet e por ai vai...

Escola Blogspot clique aqui

Desert Operations


Em Desert Operations, você cria exércitos, tanques e parte para a guerra virtual em busca de novos territórios. O jogo lembra muito o antigo Command & Conquer: Red Alert, e é uma ótima pedida para matar o tempo.

Lembrando que o jogo é grátis. Mas se você quiser obter vantagens, é possível comprar diamantes do jogo no site do Boacompra.com – Líder em jogos Online na América Latina.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

IBM prevê celulares holográficos em cinco anos

Pesquisa da empresa revela lista com possíveis realidades em um futuro próximo

A IBM tem uma tradição anual de conduzir uma enquete entre seus 3 mil pesquisadores a fim de listar cinco ideias que podem virar realidade nos próximos cinco anos. Em 2010, a previsão de conversas holográficas foi a mais citada. Ou seja, dependendo da vontade dos pesquisadores da IBM, o seu celular vai projetar uma imagem 3D de qualquer pessoa que ligar.

A projeção de imagens 3D é um tema com evolução impressionante. No Japão, uma cantora virtual projetada no palco é sucesso absoluto. Ainda na terra do Sol nascente, discute-se a possibilidade de utilizar hologramas em estádios do mundo todo na Copa de 2022. Esses são apenas alguns exemplos.

Designers já criam conceitos de celulares sem display e com holografia. É o caso do Trou, o modelo que ilustra essa notícia.

Outra aposta indicada pela pesquisa são as baterias movidas a ar (com duração 10 vezes maior). Ao invés do lítio-íon extensamente utilizado hoje, essa tecnologia aposta em materiais que só precisam de ar para recarregar. Em outros casos, aplica-se a energia cinética, como por exemplo, relógios carregados com o chacoalhar.

Softwares para monitoramento de tráfego em tempo real também estão na lista. Com algoritmos avançados, eles serão capazes de prever congestionamentos e, então, orientar os motoristas a evitar os piores caminhos.
Outra previsão envolve o aproveitamento da energia gerado por computadores e data centers. Ao invés de concentrar esforços para esfriar tudo, a ideia é aproveitar o calor - que não é pouco - para aquecer casas e escritórios.

A pesquisa não é simplesmente uma "bola de cristal". Ela serve como parâmetro de investimento em pesquisa e desenvolvimento em longo prazo. De acordo com o site Bloomberg, foram US$ 5,8 bilhões investidos no ano passado.

Ideiasnet vende NetMovies para empresa dos EUA por R$11,1 mi

A Ideiasnet anunciou que vendeu a totalidade da NetMovies, empresa de locação de DVDs via Internet, para a gestora de investimentos norte-americana Tiger Global Management, por 11,1 milhões de reais. 

Deste total, 7,5 milhões de reais foram equivalentes à participação de 54,77 por cento que a Ideiasnet possuía na NetMovies e o restante foi referente a mútuos devidos pela companhia vendida, conforme documento enviado ao mercado.

"O retorno do capital investido para a Ideiasnet desde o início dos investimentos corresponde a uma taxa interna de retorno (TIR) de 17,3 por cento ao ano", afirma a Ideiasnet no comunicado.

A NetMovies integrava o portfólio da Ideiasnet desde 2004.

"A venda da NetMovies confirma a maior dinâmica implementada no portfólio da Ideiasnet... O crescente interesse de investidores internacionais pelos ativos de tecnologia no Brasil, confirmado pelas vendas da NetMovies e da Media Factory, tem contribuído com este dinamismo", acrescenta a companhia. 

Google Chrome possibilita buscas por voz


Voice Search é o nome de um aplicativo adicionado recentemente à Chrome Web Store, capaz de reconhecer os comandos de voz do usuário e utilizá-los nas principais ferramentas de busca.

Ao invés de digitar o terno no site do Google, Bing e Wikipédia entre outros, basta que você pronuncie a palavra que você busca para que ele retorne a página de resultados.

Além de realizar buscas em sites estrangeiros, o aplicativo também reconhece termos em português. Na página do Google Brasil, por exemplo, a conversão de idiomas é feita de maneira automática.

O Voice Search é completamente gratuito e está disponível para Google Chrome versão 9 ou superior. Além de ter um microfone, o usuário precisa apenas habilitar o reconhecimento das entradas do microfone pelo navegador antes de utilizar a extensão.

Pronunciando as palavras pausada e declaradamente, os resultados são satisfatórios. No entanto, a ferramenta está longe de substituir a precisão das buscas através do teclado sem mais aprimoramentos. Acesse a página do Voice Search no Baixaki para baixar o programa e conferir sua análise completa.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Alemanha planeja novo centro de defesa cibernética

A Alemanha vai criar um novo centro de defesa cibernética no ano que vem para lutar contra ataques de espionagem, informou o Ministério do Interior alemão.

"Nós planejamos criar o chamado 'Centro Nacional de Defesa Cibernética' em 2011", disse um porta-voz a jornalistas nesta segunda-feira. "O centro vai trabalhar unificando o conhecimento existente na área de defesa cibernética." 

À medida que os sistemas de computadores se tornam mais importantes para o controle de serviços essenciais, de sistemas de transmissão de energia a bancos, o monitoramento de ataques via computadores é visto como uma parte cada vez mais essencial dos arsenais nacionais.

A Inglaterra anunciou um programa de 650 milhões de libras (US$ 1 bilhão) no mês passado para segurança cibernética. 

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Pesquisadores criam processador de mil núcleos


Uma equipe de pesquisadores de ciência da computação conseguiram fazer caber o incrível número de 1.000 núcleos individuais em uma nova forma de CPU, resultando no que eles esperam ser um aumento de 20 vezes em relação ao desempenho atual.

O processador alternativo foi feito usando a tecnologia FPGA (Arranjo de Portas Programável em Campo), já existente, uma forma de gerenciamento de transistores que permite ao usuário definir funções específicas para grupos de circuitos e alocar tarefas individuais para eles – criando vários núcleos gerenciáveis e modificáveis na hora.

O Dr. Wim Vanderbauwhede, da Universidade de Glasgow, na Escócia, e uma equipe da Universidade de Massachusetts Lowell criaram o CPU, que além de ser mais rápido, também é mais eficiente no uso de energia. É pura magia, mas ainda “um trabalho de prova de conceito, em estágio bastante inicial”.

Internet transmitida pela luz já começa a funcionar

O conjunto com sensores e lâmpadas de LED economiza na conta de luz, desobstrui frequências de rádio e possibilita uma conexão sem fio de até 3 Mb/s
Foto: Kimm Anderson/AP
Seis prédios da prefeitura de St. Cloud, Minessota - Estados Unidos, trocam nos próximos dias a tradicional comunicação Wi-Fi entre os computadores e a internet por um novo sistema que transmite os dados através da luz. Ao invés de ondas de rádio, como no modelo sem fio atualmente difundido, o sistema utiliza apenas impulsos luminosos e é imperceptível ao olho humano.

Como funciona?
 
Conhecido como LVX (menção ao termo latim "lux" que significa luz), o projeto trata de iluminar os cômodos e prover o acesso à internet ao mesmo tempo. No lugar das lâmpadas convencionais, são instalados ao teto conjuntos com sensores e diversas lâmpadas de LED que piscam a uma frequência elevada para transmitir os dados.

Os computadores recebem um aparelho fotossensível capaz de captar impulsos luminosos e convertê-los novamente em informação. O caminho inverso é feito de maneira similar, lâmpadas localizadas no dispositivo ligado ao PC transmitem os dados novamente para a rede local. Uma lâmpada incandescente pisca cerca de 60 vezes por segundo e não se faz perceptível, o que o LVX faz é modular essa frequência para transmitir informações.

Para a prefeitura de St. Cloud, a adoção do sistema de US$ 10 mil é um investimento, já que o município pretende economizar com a conta de luz. Além de prover o acesso dos computadores à rede, as lâmpadas de LED garantem uma iluminação muito mais eficiente e consomem cerca de 36% da potência de um conjunto fluorescente.

Atualmente, a velocidade máxima do sistema gira em torno dos 3 Mb/s, mas seus criadores esperam aprimorar o conjunto. Outra vantagem do conjunto é que ele ajuda a desobstruir frequências de rádio, utilizadas por equipamentos Wi-Fi, telefones sem fio, TVs e telefonia celular. O LVX começa a ser comercializado nos próximos dias.

Para evitar espuma, máquina serve chope de baixo para cima

Segundo o site Gizmodo, ela é cerca de nove vezes mais rápida que as máquinas tradicionais
Foto: Gizmodo/Reprodução
A BottomsUP Beer é uma chopeira que coloca o chope no copo pela parte de baixo. É, pelo fundo. Parece que é bem mais rápido que o jeito tradicional, e com certeza bem mais impressionante.

Leia o texto completo e veja o vídeo no Gizmodo.

Ondas de rádio misteriosas emitidas por outra galáxia


Há algo muito estranho em nossa vizinhança cósmica. Um objeto desconhecido em uma galáxia próxima (a M82) começou a enviar ondas de rádio e não parece ser algo que tenhamos visto em qualquer outro lugar no universo anteriormente.

“Nós não sabemos o que é” declarou o “descobridor” do fenômeno, Tom Muxlow, do Centro de Astrofísica Jodrell Bank, no Reino Unido.

A “coisa” apareceu em maio do ano passado. Foi descoberta quando Muxlow e seus colegas estavam monitorando uma explosão estelar próxima à M82 usando o telescópio Merlin. E, aparentemente, o mago fez uma feitiçaria porque um ponto brilhante de emissões de rádio apareceu em apenas alguns dias – tempo relativamente curto em termos astronômicos.
 
Não parece o tipo de emissão de rádio normalmente recebido de supernovas: elas normalmente ficam brilhantes durante poucas semanas e vão perdendo o brilho nos meses seguintes. A fonte não mudou de intensidade de brilho durante todo o ano e o espectro das ondas enviadas também é o mesmo.

Além de tudo o objeto está se movendo. E rápido. Cientistas estimam que sua velocidade seja de quatro vezes a velocidade da luz. Velocidades assim só foram encontradas em materiais que saíam de buracos negros. 

Pode ser um buraco negro? Não está centralizado em M82, onde cientistas esperariam encontrar algo do tipo. Então só resta a possibilidade de um microquasar em pequena escala. Os microquasars são formados depois de explosões estelares, deixando para trás buracos negros com massa em cerca de 20 vezes a massa solar. Eles emitem ondas de rádio, mas nenhuma emissão capturada até hoje foi tão forte quando a de M82. 

Esse tipo de fenômeno, de acordo com a teoria dos cientistas, pode ser mais comum em M82 por ser uma galáxia onde as explosões estelares são tradicionais.

Cientistas confirmam que alguns exoplanetas estão em zona habitável

Já faz um tempo que as descobertas dos planetas extra-solares, ou exoplanetas, Gliese 581g e Gliese 581d, em torno da estrela Gliese 581, levantou a questão de eles estarem em uma “zona habitável” – a distância certa que permite que a água líquida exista.

Ou seja, os planetas representam mundos possivelmente habitáveis, e alguns estudos com modelagem atmosférica chegaram exatamente a essa conclusão. Pelo menos dois modelos já mostraram que as condições para a água líquida poderiam existir lá, o que implica fortemente que é possível.

A Gliese 581 é uma anã vermelha localizada 20 anos-luz da Terra; na escala cósmica, apenas a poucos passos. Os astrônomos detectaram seis planetas orbitando a estrela. 

O Gliese 581g tem cerca de 3 vezes a massa da Terra, e é provavelmente um planeta rochoso. Fica bem no meio da zona habitável, tornando-se um excelente candidato para a água líquida e a vida como a conhecemos – se o planeta realmente existir.
 
Os dois planetas nos lados de 581g ficam nas bordas da zona habitável e, portanto, têm inspirado interesse e intriga desde a sua descoberta em 2007. 

O vizinho interior, 581c, já foi um bom candidato para a água líquida, mas estudos mostraram que o efeito estufa provavelmente tornou o planeta muito quente. 

Gliese 581d, por outro lado, fica longe o suficiente para que os cientistas pensassem inicialmente que fosse demasiado frio para a vida. Mas um forte efeito estufa poderia aquecê-lo substancialmente, talvez o suficiente para suportar água líquida.

O Gliese 581d tem, provavelmente, de 7 a 8 vezes a massa da Terra, e os astrônomos suspeitam que é rochoso. A gravidade do mundo alienígena é provavelmente forte o suficiente para segurar uma atmosfera.
Os pesquisadores modelaram as condições da superfície que poderiam resultar em diversos tipos de ambiente em 581d, usando o nosso próprio sistema solar como guia. Eles assumiram, por exemplo, uma atmosfera composta de vapor d’água, dióxido de carbono e nitrogênio, encontrados no ar dos planetas rochosos Terra, Marte e Vênus.

A equipe de pesquisadores fez simulações com diferentes concentrações de dióxido de carbono, imitando os níveis encontrados em nosso sistema solar. Eles assumiram diferentes quantidades de espelhamento de CO2 aos níveis encontrados na Terra agora, nos primórdios da Terra e em Marte e Vênus atualmente. Também variaram a pressão atmosférica de baixa para alta.

No final, os pesquisadores descobriram que vários destes cenários atmosféricos resultaram em temperaturas de superfície média acima de 0 graus Celsius, o que significa que Gliese 581d bem poderia abrigar água em estado líquido.

Junto a isso, uma atmosfera de média ou alta pressão, com 95% de CO2, deve ser o suficiente para a água líquida. Da mesma forma uma atmosfera de alta pressão com apenas 5% de CO2.

Outro estudo de modelagem atmosférica também sugeriu que um forte efeito estufa – impulsionado pela grande quantidade de CO2 – poderia tornar Gliese 581d quente o suficiente para água líquida. 

Esses trabalhos, embora intrigantes, ainda são provisórios e especulativos. O maior problema é que os modelos são baseados em suposições, já que não se sabe nada sobre a atmosfera dos planetas. Além disso, os astrônomos não têm certeza de que Gliese 581d é um planeta rochoso, como a Terra, Marte ou Vênus. Eles pensam que é, com base no seu tamanho, porém mais pesquisas são necessárias para confirmar isso.

Ainda assim, a possibilidade de que 581d poderia suportar água líquida é animadora, principalmente porque o universo é muito vasto e à caça de planetas alienígenas está apenas começando.

A Gliese 581 é praticamente vizinha da Terra, e está entre as 100 estrelas mais próximas. Isso implica que planetas como esse podem ser razoavelmente comuns. 
 

Religiosidade relacionada com baixo poder aquisitivo

As Organizações Gallup, instituição de consultoria financeira sediada em Washington D.C (EUA), estão fazendo um estudo que relaciona o nível econômico das pessoas e sua devoção às religiões. Descobriram que a tendência, em linhas gerais, é a seguinte: quanto mais pobre é a pessoa, maior sua dedicação a uma crença religiosa.

Com base em uma pesquisa de 2009, feita em 114 países, os consultores afirmam que 84% da população dizem que a religião é parte importante de suas vidas. Entre os países mais religiosos, a média do PIB per Capita está abaixo de 5.000 dólares. Nos países mais pobres do mundo (aqueles com renda média per capita de US$ 2.000 ou menos) 95% são ligados a alguma crença religiosa. Nos países ricos (PIB per Capita superior a US$ 25.000), esta taxa está em apenas 47%. Isso reflete, segundo a organização, o forte vínculo entre o nível socioeconômico do país e a religiosidade de seus moradores.

A teoria predominante para esses índices, no entanto, não diz que a religião causa a pobreza, e sim o contrário. Pessoas pobres tendem a se agarrar a uma crença religiosa, seja pela comunidade que se forma em torno delas, pela mensagem humanitária que os conforta ou pela promessa de uma recompensa após a morte em uma vida cheia de privações. 

Seja como for, há ainda um índice curioso: os Estados Unidos, maior potência econômica do mundo, é uma exceção a essa regra. 65% da população americana dizem que a religião é importante em suas vidas diárias. Em países ricos da Europa, a porcentagem é muito menor, como por exemplo: Suécia: 17%; Dinamarca: 19%; Grã-Bretanha: 27% e França: 30%.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Cientistas franceses fazem teletransporte de matéria


Ainda não é exatamente teletransporte, mas estamos chegando perto. Imagine um mecanismo capaz de transportar um corpo fazendo-o desaparecer em uma das pontas e se reconstituir à distância. A grosso modo, é isso que pesquisadores franceses conseguiram fazer. E o melhor: esse novo meio de movimentar matéria não precisa de nenhum tipo de combustível.

Esse sistema, segundo os cientistas do Centro Nacional Francês para Pesquisas Científicas, pode ser usado para mover nanopartículas para dentro ou para fora de determinados corpos, o que facilitará muitas aplicações da biotecnologia. Para se mover, a partícula deve estar dentro de um campo elétrico. Enquanto uma das extremidades vai se dissolvendo, ela ressurge além do ponto onde está a outra extremidade da partícula. Pouco a pouco, ela vai se formando em outro espaço exatamente do jeito que estava antes.

É claro que a distância na qual esse “teletransporte” se opera ainda é ínfima (algo em torno de 100 mícrons (unidade de medida usada em diversas aplicações químicas e biológicas), o que equivale a 0,1 milímetro. Mas isso não é um problema, segundo os cientistas, porque é justamente para executar movimentos de partícula em meios microscópicos (um procedimento que ás vezes é complicadíssimo) que esse sistema foi desenvolvido.

Fonte

Wal-Mart investe em empresa chinesa de comércio eletrônico

O Wal-Mart, maior varejista do mundo, investiu no principal site de venda de eletrônicos da China, em uma iniciativa para atingir mais consumidores chineses. 
A empresa chinesa de comércio eletrônico 360buy Jingdong Mall obteve US$ 500 milhões em recursos de seis parceiros estratégicos, incluindo o Wal-Mart, disse uma porta-voz da empresa. 

A parcela do Wal-Mart no investimento não foi revelada. O grupo varejista sediado nos Estados Unidos tem mostrado interesse na emergente classe média chinesa. No começo deste ano, o Wal-Mart lançou um site chinês de sua loja de descontos Sam''s Club. 

"É um movimento inteligente do Wal-Mart, porque a 360buy, em minha opinião, é uma das melhores empresas de comércio eletrônico da China", disse o diretor-geral da empresa de pesquisa tecnológica RedTechAdvisors, Michael Clendenin. 

O presidente-executivo da 360buy, Liu Qiangdong, disse que os recursos captados serão usados para construir centros de logística na China, segundo reportou a mídia local. 

O mercado de comércio eletrônico chinês é altamente fragmentado e competitivo. A 360buy tinha 14,1% do mercado de vendas online da China no terceiro trimestre, de acordo com dados da Analysys International. 

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Brasil ultrapassa os 197 milhões de linhas de celular

A Anatel divulgou nesta terça-feira que, com 3,09 milhões de novas habilitações, o Brasil registra agora 197,53 milhões de acessos em operação no Serviço Móvel Pessoal (SMP). Atualmente, há 101,96 celulares por grupo de cem habitantes no Brasil. Há mais de um celular por habitante nas regiões Centro Oeste, Sudeste e Sul.

A base de assinantes no mês cresceu 1,59% em relação a outubro e 16,33% em comparação com novembro do ano passado, quando o País possuía 169,75 milhões de linhas móveis. 

Fonte

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Cientistas descobrem uma bactéria que produz hidrogênio do ar


Segundo uma nova pesquisa, um micróbio oceânico “faz” hidrogênio do ar. Sendo que o hidrogênio é considerado um combustível “ecológico”, o estudo pode abrir uma nova fronteira na busca de energia limpa e renovável. 

A cianobactéria chamada Cyanothece 51142 realiza fotossíntese durante o dia e fixa o nitrogênio durante a noite. O hidrogênio é um subproduto do processo de fixação biológica do nitrogênio. Quando se queima o hidrogênio, o principal subproduto é a água.

Todas as cianobactérias fazem oxigênio “quebrando” a molécula da água – que é a parte da fotossíntese. No entanto, o oxigênio é tóxico para a nitrogenase, a proteína chave que fixa o nitrogênio e produz hidrogênio.
Essa cianobactéria, entretanto, descobriu uma maneira de fazer as duas coisas na mesma célula, usando um ciclo diurno. Segundo os pesquisadores, durante o dia, o micróbio fixa dióxido de carbono através da fotossíntese, e o armazena em forma de glicogênio. 

À noite, ele recorre a esta energia armazenada. A energia que está saindo da utilização de glicose é então usada para as reações de nitrogenase que, por sua vez, produzem hidrogênio.

Mas o que faz essa estirpe de cianobactérias mais esperta do que as outras? Os cientistas dizem que elas sabem como dividir as atividades que devem fazer de dia e de noite. 

A bactéria produz de 5 a 10 vezes mais hidrogênio naturalmente do que qualquer outro micróbio conhecido. Ainda assim, os pesquisadores estão longe de estabelecer a infra-estrutura para uma economia de hidrogênio que colocasse as bactérias para trabalhar no mundo real.

O problema se resume a engenharia e física. Como “armazenar” o hidrogênio no lugar onde ele vai ser usado como combustível é o problema atual.

Ao contrário do carvão e do petróleo, o hidrogênio não é energia densa. Por exemplo, rodar um caminhão com a tecnologia de hidrogênio de hoje exigiria que o tanque de combustível do caminhão fosse da metade do tamanho da carga levada por ele.

Segundo os cientistas, o uso de paládio para armazenar o hidrogênio e, assim, torná-lo mais fácil de usar é muito caro. Os pesquisadores querem pesquisar mais e encontrar uma forma das novas descobertas resolverem o futuro da energia no mundo.

Até agora, testes foram feitos em laboratório. Os próximos passos serão a ampliar a tecnologia e implantá-lo no mundo real.

Fonte

Vinho tinto combate cáries e tártaro



Beba pelos seus dentes: segundo um novo estudo, os compostos no vinho tinto podem prevenir cáries e tártaro.

Os compostos, chamados polifenóis, bloqueiam uma molécula formada pela bactéria Streptococcus mutans, encontrada em todas as bocas. Normalmente, essas bactérias quebram o açúcar que comemos e produzem moléculas pegajosas, denominadas glucanas, que permitem que elas se apeguem a nossos dentes e danifiquem suas superfícies. Elas também produzem um ácido que corrói o esmalte do dente, provocando as cáries.

Segundo os pesquisadores, o caule, a semente e a pele das uvas fermentadas, que sobram da produção de vinho, contêm grandes quantidades de polifenóis. Os polifenóis podem bloquear a capacidade da S. mutans de fazer glucanas, permitindo que as boas bactérias da boca se proliferem, e evitando que as bactérias más grudem nos dentes. Isso é importante, pois a cavidade bucal é um ambiente microbiano muito rico, portanto, não se pode simplesmente excluir as bactérias, já que existem organismos benéficos, e não só patogênicos.

Os pesquisadores também descobriram que os compostos no mirtilo, ou uva-do-monte, funcionam de forma semelhante, bloqueando as moléculas que permitem que uma superfície adesiva se forme em nossos dentes. Os cientistas alimentaram ratos de laboratório com os compostos, chamados proantocianidinas do tipo A, e observaram que a produção de ácido e glucanas das bactérias reduziu 70%, e as cavidades reduziram 45%.

Ainda assim, os pesquisadores advertem que comer muito mirtilo ou beber muito vinho tinto não ajuda a colher os benefícios odontológicos destes compostos. Normalmente, os produtos com mirtilo contêm muito açúcar – o que não é bom para os dentes -, e o vinho tinto pode manchar os dentes.

Em vez disso, os pesquisadores querem encontrar uma maneira de adicionar estes compostos em anti-sépticos bucais, cremes dentais ou chicletes, para combater a placa bacteriana e as cáries. O próximo passo é testar os resultados nos próximos quatro anos. 

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Tabela periódica dos elementos sofre mudanças


 A tabela periódica é ensinada do mesmo jeito há muito tempo. Por mais de um século e meio, os seres humanos usam pesos atômicos padrão – um valor único. Porém, conforme a tecnologia evoluiu, os cientistas descobriram que os números desse gráfico não são tão estáticos como se acreditava anteriormente.
Agora, dez elementos que ajudam a compor o universo – hidrogênio, lítio, boro, carbono, nitrogênio, oxigênio, silício, cloro, enxofre e tálio – estão mudando de uma forma sem precedentes: seus pesos atômicos estão sendo alterados.

Os cientistas ainda não inventaram uma fórmula mágica para transformar as massas de todos estes elementos. Em vez disso, eles estão atualizando o que muitas vezes é considerada como “constante da natureza” na tabela periódica.

O padrão de peso atômico de um elemento, que é composto de um tipo de átomo, baseia-se na massa de seus átomos. O problema que os cientistas estão acrescentando está enraizado no fato de que estes átomos nem sempre têm a mesma massa.

Apesar de todos os átomos que constituem um elemento terem o mesmo número de prótons, os elementos têm variantes conhecidas como isótopos que possuem números diferentes de nêutrons em seus núcleos, fazendo com que alguns sejam mais leves ou mais pesados do que outros.

Alguns elementos têm mais de um isótopo estável. Por exemplo, o carbono tem dois: o carbono-12 e carbono-13. Os números em cada isótopo revelam quantas partículas eles têm em seus núcleos. Por exemplo, o carbono-12 tem seis prótons e seis nêutrons.

No passado, para dar um padrão de peso atômico para estes elementos, os cientistas faziam a média dos pesos atômicos destes isótopos com base em quão comum eles eram; quanto mais abundante um isótopo era, maior o papel que desempenhava no padrão de peso atômico. No entanto, a abundância de um isótopo pode variar na natureza, levando a variações de peso atômico de um elemento. Por exemplo, o enxofre tem um padrão de peso atômico de 32,065, mas o seu peso real atômico está entre 32,059 e 32,076, dependendo de onde o elemento é encontrado. Essas pequenas variações no peso atômico de um elemento são importantes para a pesquisa e a indústria. Por exemplo, medições precisas das abundâncias de isótopos de carbono são usadas para determinar a pureza e a fonte de alimentos como mel e baunilha. 

Medições de isótopos de nitrogênio, cloro e outros elementos ajudam a localizar os poluentes em rios e águas subterrâneas. No esporte, as investigações de doping são feitas com base na identificação da testosterona, porque o peso atômico do carbono da testosterona natural humana é maior do que na testosterona farmacêutica. Ou seja, há uma grande quantidade de informações práticas que podemos obter através do peso atômico.

Agora, pela primeira vez na história, os pesos atômicos padrão de dez elementos serão expressos de uma maneira nova, que reflete com mais precisão a forma como esses elementos são encontrados na natureza.
Em vez de valores únicos, eles vão ficar expressos em intervalos, com limites superiores e inferiores, para transmitir variações de peso atômico. Por exemplo, o peso padrão do carbono está listado como um intervalo entre 12,0096 e 12,0116.

Os outros elementos da tabela periódica permanecem iguais, já que elementos com apenas um isótopo estável não apresentam variação em seus pesos atômicos. Por exemplo, os pesos atômicos padrão do flúor, alumínio, sódio e ouro são constantes, e seus valores têm mais de seis casas decimais.

Os especialistas dizem que as mudanças podem parecer confusas para estudantes e cientistas, mas são fáceis de serem aplicadas. Por exemplo: que número deve se usar em um teste, ou no laboratório? Em última instância, dependerá do elemento e do contexto.
Se as pessoas quiserem fazer um cálculo simples que envolva um destes 10 elementos, podem utilizar um valor único chamado de peso atômico convencional. Se precisarem de mais precisão (mais casas decimais do número), podem procurar um valor de peso atômico para o contexto específico que desejam. Por exemplo, o boro na água do mar tem uma faixa de peso atômico muito estreita, então a pessoa poderia selecionar um valor de 10,818.
 

Por que não dá para ir mais rápido que a velocidade da luz?


Porque, quanto mais você corre, mais gordo você fica. Isso mesmo. E, antes de a velocidade do seu corpo chegar a 1,08 bilhão de km/h (a velocidade da luz), ele já terá mais massa que o Universo inteiro. Aí não há, nem nunca haverá, um motor forte o bastante para acelerá-lo. É o que a Teoria da Relatividade ensina: quanto mais um objeto é acelerado, mais massa ele ganha. Isso porque energia e massa são duas faces da mesma moeda – podem ser convertidas uma na outra. Bom, conforme um objeto vai aumentando de velocidade, a energia contida no movimento dele vai se transformando em massa. Você não percebe, mas isso acontece o tempo todo com tudo o que existe. Inclusive com o seu corpo, quando você dá um sprint na pista de cooper. Mas calma: o aumento de massa que a relatividade proporciona nessas condições não vai ameaçar sua dieta, já que ele é menor que 1 bilionésimo de grama. Se você correr a 1,07 bilhão de km/h, o equivalente a 99,9% da velocidade da luz, aí, sim, a situação fica preocupante: um homem com 80 kg passa a ter 2 toneladas. A exatamente 99,99999999%, a massa desse sujeito chegaria a 5 600 toneladas. E por aí vai: se desse para chegar a 100% da velocidade da luz, sua massa ficaria infinita. E tem outro problema: a relatividade mostra que, quanto mais rápido um corpo estiver, mais devagar ele envelhece. Aí, quando você chega perto do 1,08 bilhão de km/h, acontece um absurdo lógico: o tempo passa tão lentamente para você que, quando seu relógio tiver marcado um segundo, o fim dos tempos já terá chegado. Quer dizer: não existe tempo disponível no Universo para que você chegue à velocidade da luz. Nem nunca vai existir. 

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Presidente Lula é vítima de golpe aplicado por bandidos pela internet

O presidente Lula entrou na lista de vítimas de um golpe aplicado pela internet. Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Sul, dois crackers tiveram acesso a informações sigilosas do presidente e de outros segurados.

Só com os dados de presidente Lula, os criminosos conseguiram fazer empréstimos consignados no valor de cinco mil reais.

Os crackers conseguiram invadir o sistema da Previdência Social para roubar os dados de segurados. Eles acessaram o computador central que guarda informações sobre o pagamento de benefícios. Entre as vítimas do golpe estava o presidente da república. Lula recebe uma pensão por ter sido perseguido pelo governo militar.

De posse dos dados pessoais do presidente, os crackers solicitaram dois empréstimos consignados em um mesmo banco. O pedido foi aceito e os golpistas receberam mais de cinco mil reais.

O dinheiro foi depositado em contas bancárias no Rio Grande do Sul, mas não chegou a ser descontado do presidente. “A Polícia Federal apurou e não conseguiu chegar à autoria de quem teve acesso ao banco de dados da Previdência Social”, explica Rodrigo Vieira, promotor público do RS.

O caso foi registrado pela Polícia Federal em 2007, mas só agora repassado para o Ministério Público que vai ajudar nas investigações. Isso porque o presidente foi lesado na condição de pessoa física e os beneficiários, segundo as investigações, são moradores de Uruguaiana no interior do estado. “Há informação dos nomes das pessoas que fizeram estes empréstimos. Então a polícia vai investigar se são nomes fictícios, nomes verdadeiros, mas de uma forma ou de outra, os valores emprestados foram depositados em algumas contas bancárias”, diz o promotor.

A Presidência da República não quis se manifestar sobre o assunto.

O Ministério da Previdência informou que foram adotadas várias medidas para aumentar a segurança do site e que o acesso aos dados do presidente pela página do Ministério ainda não foi comprovado. A Policia Federal disse que já ouviu servidores da previdência e que a investigação está em andamento.

 Fonte

Conheça a mais nova forma de perder peso: injeção de urina



Não, leitor, você não leu errado. Pessoas realmente usam injeções de urina para emagrecer – e dizem que funciona e que é uma maravilha!

Injeções de urina já foram usadas na medicina para tratar alergias, antes de medicamentos específicos para isso serem criados. O tratamento “reinventado” promete fazer com que o usuário perca peso.

Uma adepta chamada Sheryl Palone afirma ter perdido 20 quilos, apenas aplicando as injeções milagrosas. E, como se o pensamento de injetar urina em seu organismo não fosse nojento, parece que a urina não pode ser a sua – ela precisa vir de uma mulher grávida. Basicamente, as grávidas “despejariam” hormônios valiosos no emagrecimento através do xixi. Esse hormônio faz com que o metabolismo aja mais rápido e queime mais calorias.

Médicos acreditam que se o tratamento apresenta algum resultado é o velho sistema “placebo”, no qual a mente produz os resultados e não o medicamento. Eles afirmam que nada substitui (ou é mais saudável) que uma alimentação balanceada e exercícios regulares.

Algum leitor corajoso teria o sangue frio de experimentar o tratamento?

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Nokia volta a processar Apple por violação de patentes

A Nokia anunciou nesta quinta-feira que entrou na Justiça contra a Apple em três países, ao considerar que vários dos produtos da empresa - inclusive o iPhone, iPad e iPod Touch - violam 13 patentes de propriedade da companhia finlandesa.

Tal como explicou a Nokia em comunicado, nenhuma das patentes em questão foi declarada essencial para os padrões de comunicação sem fio, o que a permite utilizar essas tecnologias de forma exclusiva, sem a obrigação de conceder licenças.

"As invenções da Nokia protegidas por essas patentes incluem várias que permitem criar experiências de usuário atrativas, como arrastar o dedo sobre uma tela tátil para navegar pelo conteúdo", assinalou no comunicado o vice-presidente de Propriedade Intelectual da companhia finlandesa, Paul Melin.

Melin afirmou que essas inovações, entre as quais mencionou também a integração no próprio telefone de uma loja de aplicativos, foram patenteadas pela Nokia mais de 10 anos antes da aparição do primeiro modelo do iPhone.

A Nokia processou a Apple na Suprema Corte do Reino Unido, em dois tribunais alemães e em um holandês, já que o fabricante americano vende seus produtos nesses países. Esses processos são mais um passo na chamada "guerra das patentes" mantida há meses entre Nokia e Apple. 

Primeiro paciente HIV-positivo curado

 
Médicos alemães declararam que, pela primeira vez, a cura da infecção por HIV foi alcançada em um paciente.

A pesquisa começou em 2007. Os médicos realizaram um transplante de células-tronco em um homem infectado pelo HIV com leucemia. Agora, eles acreditam que o homem foi curado da infecção pelo HIV, como resultado do tratamento que introduziu as células-tronco resistentes à infecção por HIV.

O paciente era soropositivo e tinha desenvolvido uma leucemia mielóide aguda. Ele já havia recebido um tratamento bem sucedido para a leucemia e, posteriormente, teve uma recaída em 2007, o que exigiu um transplante de células-tronco.

O homem recebeu uma medula óssea de um doador que tinha resistência natural à infecção por HIV; isso acontece devido ao perfil genético de algumas pessoas, nas quais falta o co-receptor CCR5. A variedade mais comum de HIV usa o CCR5 como uma “estação de entrada”, deixando o vírus entrar e infectar as células do paciente. As pessoas que tem essa mutação específica, e não tem o CCR5, são quase completamente protegidas contra a doença.

Essa mutação está presente em menos de 1% da população branca na Europa setentrional e ocidental, e está associada com uma redução do risco de se infectar com o HIV. Ou seja, os médicos escolheram as células-tronco de um indivíduo que tinha um perfil genético incomum: uma mutação herdada de ambos os pais, que resultou em células CD4 – células nas quais faltavam o receptor CCR5. 

Antes do transplante de células-tronco, o paciente recebeu tratamento de quimioterapia que destruiu a maioria das células imunológicas, e também recebeu medicamentos imunossupressores para evitar a rejeição das células-tronco. As terapias foram interrompidas no dia do transplante.

O paciente continuou a receber tratamento imunossupressor para prevenir a rejeição por 38 meses. Aos 5, 24 e 29 meses ele recebeu biópsias. Amostras adicionais foram tomadas para checar sinais de infecção por HIV nas células imunes da parede do intestino.

Durante o período de 38 meses de acompanhamento, as células CD4 doadas repovoaram o sistema imune da mucosa do intestino do paciente, a tal ponto que a frequência de células CD4 era quase o dobro do que em pacientes HIV-negativos saudáveis (do grupo de controle). Esse fenômeno também foi observado em um grupo controle de dez indivíduos HIV-negativos que receberam transplantes de células-tronco.

O repovoamento de células CD4 mutantes foi acompanhado pelo desaparecimento das antigas células CD4. Depois de dois anos, o paciente tinha a contagem de células CD4 de um adulto saudável da mesma idade.

Um dos desafios para qualquer cura da infecção pelo HIV são as células do sistema imunológico, que duram muito, e precisam ser removidas antes que um paciente possa ser curado. No caso do paciente de Berlim, a quimioterapia pareceu ter destruído as células de vida mais longa, e que tinham sido substituídas por células do doador.

O paciente não retomou a terapia anti-retroviral após o transplante. No entanto, o HIV permaneceu indetectável pelos dois testes de carga viral (RNA) e os testes de DNA viral dentro das células. Os níveis de anticorpos contra o HIV diminuíram a tal ponto que o paciente não tinha anticorpos reativos ao núcleo do HIV, apenas níveis muito baixos de anticorpos contra proteínas do HIV.

Dezessete meses após o transplante, o paciente desenvolveu uma condição neurológica, o que exigiu uma biópsia do cérebro. O HIV também foi indetectável no cérebro.

Uma indicação adicional de que o HIV não está presente no paciente reside no fato de que as células CD4 do paciente são vulneráveis à infecção com o vírus que atinge o receptor CXCR4 (a única forma que os pacientes com mutação onde está ausente o CCR5 podem pegar). Se algum vírus com esta preferência ainda estivesse presente, infectaria rapidamente a grande população de células CD4.

O paciente, além do HIV, teve um tratamento para a leucemia cansativo e demorado, com recaídas. Seu problema neurológico o levou à cegueira temporária e problemas de memória. Ele ainda está em fase de fisioterapia para restaurar a sua coordenação, bem como terapia fonoaudiológica.

Se a cura realmente foi alcançada neste paciente, aponta o caminho para as tentativas de desenvolver uma cura para a infecção por HIV através de células-tronco geneticamente modificadas.

Segundo os pesquisadores, as conclusões apontam para a importância de suprimir a produção de células CCR5, quer através de transplantes ou terapia gênica. Eles discutem como poderiam coordenar os esforços para identificar doadores CCR5-delta32 homozigotos, e ampliar a oferta de células-tronco desses doadores.
Por exemplo, através de amostra de células do sangue do cordão umbilical de bebês nascidos de mães que são homozigotos para CCR5-delta32, a fim de, eventualmente, facilitar a terapia com células-tronco.

Porém, as técnicas de terapia genética, que podem transformar as células-tronco e todos os seus descendentes em células resistentes à entrada do HIV, pode ser uma opção mais prática do que procurar doadores.

Muitos grupos de pesquisa receberam financiamento para explorar as técnicas de engenharia e de introdução de células-tronco sem CCR5. Se essas abordagens tiverem sucesso, serão terapias caras, por isso nos primeiros estágios é provável que a cura seja reservada para pessoas sem opções de tratamento, ou com câncer de medula óssea, ou que exijam transferência de células-tronco.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Spray de células-tronco pode curar queimaduras


 Médicos americanos relataram sucesso em testes de um projeto-piloto para uma solução em spray de células-tronco, que se espirrar diretamente sobre queimaduras.

Os cientistas combinaram uma concentração de plaquetas sem células vermelhas do próprio paciente com cálcio e trombina. Disso, resultou uma solução que pode ser pulverizada sobre queimaduras.

Nos testes realizados, o spray tem se mostrado eficaz no tratamento de pequenas queimaduras, e parece aumentar a probabilidade de poder colocar um enxerto de pele. Isso significa que a aplicação desta tecnologia pode ser possível a outros tipos de transplantes.

A pesquisa se baseou em um método australiano semelhante, chamado ReCell e criado em dezembro do ano passado.

O ReCell tem sido amplamente utilizado na Austrália, Europa e China e chamou a atenção por ser um tratamento rápido. Ele age por um processo muito parecido: dissolve as células basais e os queratinócitos a partir de uma amostra de biópsia, produzindo um spray de enzima.

Ambos os métodos são promissores para o uso de tecnologias regenerativas no tratamento de queimaduras. Em 2009, As Forças Armadas e o Instituto de Medicina Regenerativa dos EUA concederam uma doação de 2,45 milhões de reais aos ensaios clínicos do ReCell para agilizar o processo, sugerindo que há bastante interesse pelos resultados bem sucedidos, a fim de uma aprovação rápida e ampla utilização do remédio no mercado. 

Tecnologia permite que robôs sejam criados sem ajuda de humanos

Robôs são projetados por meio de uma impressora 3D. Pesquisadores alemães divulgaram descoberta inédita.

Robôs podem ser criados automaticamente.
(Foto: Divulgação/Fraunhofer)
Pesquisadores alemães divulgaram um passo inédito na produção de robôs. A descoberta permite que os robôs sejam criados de forma automática, sem ajuda humana.

Estudiosos do instituto alemão Fraunhofer, de Stuttgart, anunciaram o desenvolvimento de uma tecnologia que permite que os próprios robôs consigam criar novos robôs por meio de uma impressora 3D.

Outro destaque da tecnologia é que cada robô pode ser criado com características próprias que ajuda na execução de trabalhos específicos, como nadar.

Utilizando um algoritmo genético no software, é possível determinar as melhores atribuições para a realização de certos trabalhos.

 

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Bateria grudada ao corpo usa calor humano para alimentar celular

Com funcionamento híbrido, também pode ser recarregada pela luz solar. Projeto ainda está sendo aperfeiçoado, e deve chegar ao mercado em 2015.

A Fujitsu Laboratories desenvolveu um pequeno dispositivo que, ao ser usado em pessoas, converte o calor corporal em energia. Em seguida, armazena essa energia como se fosse uma bateria para uso posterior. E mais: o dispositivo híbrido também consegue captar a energia da luz do sol quando se anda em áreas externas.

Este novo empreendimento poderia ter aplicações que ainda não foram testadas. É o primeiro produto que aproveita a energia do calor humano e da luz solar, ao mesmo tempo. Anteriormente, isso exigia dois dispositivos separados e fiações elétricas ou pilhas.

Bateria é carregada com o calor humano. (Foto: Reprodução)
"Nos campos da medicina a tecnologia pode ser utilizada em sensores que monitoram as condições tais como a temperatura corporal, pressão arterial e batimentos cardíacos - sem baterias e fiação elétrica", afirma a nota à imprensa.

"Se a luz do ambiente ou o calor não forem suficientes para alimentar o sensor, esta tecnologia pode fornecer energia com ambas as fontes, aumentando uma com a outra. Além disso, ela também pode ser usada para sensoriamento ambiental em áreas remotas para o tempo previsão, onde seria problemático para substituir baterias ou executar linhas eléctricas ".

A Fujitsu ainda está trabalhando para aperfeiçoar seu projeto e espera liberá-lo para uso comercial em 2015.

Fonte

Conheça as tecnologias de segurança das novas cédulas do Real

Novas cédulas começam a circular ainda este ano
O Real vai ganhar uma cara totalmente nova. Até 2012, todas as notas em circulação no país vão sofrer modificações importantes tanto em seu visual e tamanho, quanto nas tecnologias de segurança presentes. Tudo isso para garantir ainda mais segurança ao Brasil e evitar a ação de falsários que tentam enganar o sistema financeiro.

Apesar de não ter havido nenhum incidente grave em questões de segurança durante a história do Real, o Banco Central decidiu agir de maneira preventiva. Já em 2010, começam a circular as novas notas de 50 e 100 reais, ambas com um design renovado, tamanho variável e a última palavra em tecnologia para prevenir falsificações.

Neste artigo apresentamos as principais novidades das cédulas e respondemos algumas das dúvidas mais frequentes que surgiram após o anúncio do Banco Central.

Por que mudar?

Todos sabem que o dinheiro é um dos elementos mais tentadores de se falsificar. Quando uma moeda como o Real atinge quase 20 anos de vida, é preciso investir em novos métodos para evitar tentativas de fraude, protegendo assim o mercado financeiro e a população como um todo.

Além disso, o visual renovado garante mais conforto para deficientes visuais, ao incluir elementos em alto relevo que facilitam a distinção entre as notas.

Além disso, cada uma tem um tamanho diferenciado, que não só dificulta falsificações como garante maior organização e facilita o processo de armazenamento.

O processo de substituição das cédulas vem sendo pensado há anos, mas somente agora a Casa da Moeda do Brasil terminou de instalar e testar os novos equipamentos de impressão. Os anteriores datavam de mais de 30 anos atrás, e não possuíam recursos suficientes para introduzir as medidas de segurança necessárias para proteger a moeda de forma totalmente eficaz.

Novas tecnologias

A maior novidade das novas cédulas fica por conta da inclusão de uma faixa holográfica, composta por desenhos descontínuos que alteram suas formas e cores ao serem movimentados. Além disso, outros elementos facilmente verificáveis são a marca d¿água, que apresenta o valor da nota, a imagem do animal correspondente e o número escondido que surge conforme o ângulo de visualização.

Outra novidade fica pela inclusão de elementos em alto relevo, que dificultam a falsificação e favorecem o reconhecimento por parte de deficientes visuais. A inclusão de microimpressões que reproduzem o número 100 repetidas vezes em áreas variadas da nota e elementos que só aparecem sob luz ultravioleta são outros recursos utilizados para trazer ainda mais segurança às notas.

Quando chegam as cédulas novas?

As primeiras notas que vão passar pela renovação são as de 50 e 100 reais, por serem as de maior valor, o que faz com que precisem de mais proteção contra falsificações. Ainda em 2010 já deve ser possível encontrá-las, em quantidade crescente conforme a passagem do tempo.

Em 2011 é a vez das notas de 10 e 20 ganharem visual renovado, enquanto 2012 deve completar a transição com as notas de 2 e 5 fechando a Segunda Família do Real. Quem esperava a volta das notas de 1 Real vai ficar decepcionado, já que o valor continua restrito às moedas.

E as antigas, como ficam?

Embora o objetivo seja tirar de circulação as notas atuais, não há um prazo estipulado para que isso ocorra. Conforme elas sofrerem desgaste natural, serão substituídas pelas novas notas, que terão exatamente o mesmo valor. Não há uma previsão do tempo que isso vai levar, mas tudo indica que as notas atuais terão sobrevida de alguns anos. Fonte da imagem: Banco Central do Brasil Ou seja, não é preciso se alarmar e sair correndo para trocar todo seu dinheiro por notas novas na rede bancária. O processo de transição ocorrerá através de bancos comerciais, comércio e caixas automáticos, portanto, mais cedo ou mais tarde, todos terão acesso à novidade.

Fonte

Confira os principais dados publicados pelo WikiLeaks

A seguir um resumo das principais revelações feitas pelo site WikiLeaks tendo como base a troca de mensagens confidenciais de diplomatas americanos:

EUA monitoram relação nuclear entre Brasil e Irã

Os Estados Unidos estão atentos aos crescentes laços entre Brasil e Irã e suas implicações na área nuclear, revelam documentos diplomáticos americanos. Desde 2007 Washington investiga a possibilidade de incremento da produção de urânio na América Latina, especialmente na Venezuela e no Brasil, países que intensificaram suas relações com o Irã.

Brasil oculta cooperação antiterrorista com EUA

O Brasil ocultou do grande público uma cooperação antiterrorista com os Estados Unidos e nega oficialmente qualquer sugestão de que militantes islâmicos realizam atividades em seu território. O Brasil está preocupado com a atividade terrorista em seu território, apesar de publicamente fazer afirmações diferentes, destaca um telegrama da embaixada americana em Brasília ao Departamento de Estado em Washington com data de outubro de 2009. As atividades de investigação antiterrorista Brasil-EUA são centradas em suspeitos em São Paulo e nas áreas de fronteira com Argentina, Paraguai, Peru, Colômbia e Venezuela.

Dom Cláudio Hummes: corrupção de José Dirceu prejudicou Lula

O cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, atribuiu a ex-chefe de gabinete José Dirceu a série de escândalos de corrupção que abalou o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu primeiro mandato, segundo conversa com Christopher McMullen, cônsul-geral dos Estados Unidos na ocasião, segundo nota enviada em 14 de março de 2006. De acordo com o religioso, José Dirceu prejudicou o governo Lula com sua ambição desenfreada por fortalecer o poder do Partido dos Trabalhadores.

EUA: Hugo Chávez é louco e nem o Brasil o leva a sério

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está louco, segundo um vice-secretário americano, o conselheiro presidencial francês, Jean-David Lévitte. Segundo ele, nem mesmo o Brasil considera apoiar o suposto aliado e vizinho.

Celso Amorim: "Hugo Chávez late mais do que morde"

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, afirma que Hugo Chávez "late mais do que morde", e que isolá-lo não é uma opção. A Venezuela poderia até representar ameaça para a região, mas seu isolamento não é uma solução, frisa Amorim, em mensagem confidencial que deixa às claras posições de políticos brasileiros em relação ao presidente Chávez, ao mesmo tempo em que evidenciam divergências entre Brasil e Estados Unidos sobre relações diplomáticas com a Venezuela de Chávez. Amorim, afirma num arquivo datado de março de 2007 que "a orientação política de Hugo Chávez não é a do Brasil, e que os brasileiros não se sentem ameaçados por ele". Mas o ministro da Defesa Nélson Jobim tem visão bem diferente, percebendo sim a Venezuela como "nova ameaça" à estabilidade regional.

Sarkozy usa Carla Bruni para promover relações bilaterais com o Brasil

O presidente francês Nicolas Sarkozy usa a fama de sua mulher Carla Bruni para promover as relações bilaterais com o Brasil, segundo um telegrama enviado ao Departamento de Estado americano, com data de 17 de novembro de 2009. O embaixador dos Estados Unidos na França, Charles Rivkin, também diz que a relação entre Sarkozy e Lula é uma "história de amor".

Brasil recusou-se a receber os detidos de Guantánamo

O governo brasileiro rejeitou várias vezes, em 2005, acolher os detidos de Guantánamo, a pedido de Washington, que não queria trasladá-los a solo americano. Segundo as notas datadas de maio e outubro de 2005, o governo Bush viu-se confrontado, desde 2003, à decisão do Brasil de não receber os detidos e, mais particularmente, prisioneiros uigures - chineses muçulmanos que fugiram da China e que os Estados Unidos prenderam por erro no Afeganistão. O governo Obama que conseguiu enviar dezenas de detidos aos países aliados, principalmente à Europa, nunca enviou nenhum deles ao Brasil.
 
França disposta a repassar a tecnologia do Rafale ao Brasil

A França está disposta a fornecer ao Brasil os códigos informáticos do avião de combate Rafale se este for comprado pelos brasileiros, afirma uma mensagem diplomática americana de novembro de 2009. Com o Rafale, jamais vendido até agora para o estrangeiro, a França espera descartar os aviões americano F/A-18 Super Hornet e o sueco Grippen, que também disputam o mercado brasileiro, afirma a mensagem.

EUA veem Tríplice Fronteira como foco terrorista

Um relatório da embaixada dos Estados Unidos em Brasília considera o governo brasileiro como um "aliado cooperador" na luta contra o terrorismo, mas aponta a região da Tríplice Fronteira como potencial foco de terroristas. Um documento de 1º de agosto de 2008 destaca a preocupação dos EUA com a possibilidade de que grupos terroristas aproveitem a falta de vigilância na zona de fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina para arrecadar fundos e organizar a logística de atentados.

Evo Morales teria tumor, mas governo desmente

Um documento divulgado pelo WikiLeaks da embaixada americana em Brasília revelou que o presidente boliviano tem ou teria um tumor nasal. Segundo um relatório de janeiro de 2009 da embaixada americana em Brasília ao Departamento de Estado, o ministro brasileiro da Defesa, Nelson Jobim, "confirmou um rumor de que Morales sofre de um sério tumor nasal".

EUA suspeitavam de sanidade de Cristina Kirchner

A diplomacia americana investigou em 2009 se a presidente argentina, Cristina Kirchner, tomava medicação para os "nervos ou estresse", revela um documento americano. O documento do departamento americano de Estado, com data de 31 de dezembro de 2009 e enviado à embaixada dos Estados Unidos em Buenos Aires, pede informações sobre o "estado mental e a saúde" de Cristina Kirchner, além de um perfil preciso sobre sua personalidade.

Uribe pensou em usar força para conter Chávez

O ex-presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, contemplou a possibilidade de utilizar a força para conter o que considerava um projeto expansionista do venezuelano Hugo Chávez. "A melhor forma de enfrentar Chávez, segundo o ponto de vista de Uribe, continua sendo a ação, incluindo o uso da força militar", afirma uma nota da embaixada americana em Bogotá com data de 17 de janeiro de 2008, no qual se reporta um encontro entre o então presidente colombiano e o comandante do Estado-Maior conjunto dos Estados Unidos, Michael Mullen.

EUA viam Zelaya como 'adolescente rebelde'

Mensagens da diplomacia americana descrevem o então presidente hondurenho, Manuel Zelaya, como um "adolescente rebelde, errático e sinistro", que queria "enriquecer" e governava rodeado de gente ligada ao "crime organizado". Telegramas enviados a Washington pelo então embaixador americano em Tegucigalpa, Charles Ford, meses antes do líder hondurenho ser derrubado por um golpe de Estado, em junho de 2009, informam que "existe um Zelaya sinistro, cercado por alguns assessores vinculados tanto à Venezuela e a Cuba quanto ao crime organizado".

Parceiros comerciais temem a insolvência de Cuba

Diplomatas dos principais parceiros comerciais de Cuba temem que a economia cubana entre em colapso no prazo de dois anos, revelam documentos da diplomacia americana divulgados pelo site WikiLeaks. A incapacidade cubana de enfrentar sua dívida externa e os efeitos da crise internacional poderão "ser fatais em dois ou três anos", estimam diplomatas de Brasil, China, Itália, Espanha, França, Canadá e Japão, citados em um relatório secreto dos Estados Unidos.

Ortega recebe dinheiro do narcotráfico e está louco

Mensagens diplomáticas americanas que afirmam que o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, se financia com dinheiro do narcotráfico internacional e de seu colega venezuelano Hugo Chávez, e que, além de tudo, está completamente louco. "Ortega e os sandinistas recebem dinheiro regularmente para financiar as campanhas eleitorais da FSLN (Frente Sandinista de Libertação Nacional, o partido no poder) de parte de traficantes internacionais de drogas".

René Preval tentou 'orquestrar' eleições no Haiti

O presidente do Haiti, René Preval, tentou orquestrar a transição política no Haiti e, assim, evitar ser forçado ao exílio, de acordo com um documento dos Estados Unidos. Preval, cujo mandato expira no início de 2011, expressou sua preocupação a autoridades do governo americano de que seu sucessor não permita que ele volte a sua vida privada no Haiti, de acordo com uma correspondência datada de junho de 2009 e assinada por Janet Sanderson, embaixadora de Washington, em Porto Príncipe na época.

Arábia Saudita está obcecada com o programa nuclear do Irã

O rei Abdullah da Arábia Saudita teria pedido aos Estados Unidos que atacassem o Irã para destruir o programa nuclear iraniano. O monarca saudita teria solicitado que os Estados Unidos "cortassem a cabeça da serpente" e afirmou que trabalhar com Washington para contrabalançar a influência iraniana no Iraque era "uma prioridade estratégica para o rei e seu governo". Segundo outro documento, Israel teria pressionado os Estados Unidos a adotar uma posição mais firme com relação ao Irã em dezembro de 2009, ao afirmar que a estratégia americana de negociação com Teerã "não funcionava".

Aiatolá Khamenei sofre de câncer terminal

Um documento da diplomacia americana redigido em 2009 afirma que o guia supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, sofre de um câncer terminal. O documento foi enviado em agosto de 2009 pelo consulado dos Estados Unidos em Istambul, e está baseado em informações de um empresário ligado ao ex-presidente iraniano Akbar Hashemi Rafsandjani. Khamenei tem uma forma rara de leucemia e "morrerá, muito provavelmente, em poucos meses", informa o documento.

EUA acreditam que há antissemitas entre membros do Vaticano

Os Estados Unidos acreditam que alguns membros da hierarquia do Vaticano têm posturas antissemitas. Um documento de 2002 indica que, "apesar do avanço real" operado pelo Papa João Paulo II nas relações do Vaticano com o judaísmo, alguns membros da hierarquia da Igreja ainda "manifestam resíduos de sentimentos antissemitas".

Vaticano não cooperou em investigação sobre padres pedófilos irlandeses

O Vaticano negou-se a cooperar em uma investigação irlandesa sobre abusos sexuais contra crianças por parte de sacerdotes de Dublin, porque o requerimento não foi feito pelos canais oficiais. Quando a comissão Murphy solicitou informações em 2009, "o Vaticano se ofendeu muito... porque viu isso como uma afronta à soberania" pontifícia, segundo um documento da embaixada dos Estados Unidos de 26 de fevereiro deste ano.

Fonte

Para visitar o site do brasil clique aqui!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Sul-coreana lança smartphone com processador dual-core

Chip de núcleo duplo permite realizar mais tarefas simultâneas e multimídia no celular
A LG anunciou nesta quinta-feira em Seul o smartphone Optimus 2X, seu primeiro aparelho com processador Tegra 2, da NVidia. Esse chip, de núcleo duplo, permite realizar mais tarefas simultâneas e multimídia no celular.
As configurações do Optimus 2X incluem o processador dual-core de 1 GHz, tela sensível ao toque de 4 polegadas, 8 GB de memória interna (expansível a 32 GB com cartões de memória), câmera de 8 megapixels com gravação de vídeo em alta definição (Full HD 1080p) e saída HDMI para reprodução de fotos e filmes na TV.

O smartphone, de acordo com a LG, será lançado em janeiro na Coreia do Sul, seguido por outros países da Europa e Ásia. O aparelho chega às lojas com o sistema operacional Android na versão 2.2 ("FroYo") e será atualizado em breve para a versão 2.3 ("Gingerbread"), recém-anunciada pelo Google. O preço do aparelho não foi divulgado.

Bactéria criada em laboratório pode processar dados digitais

Os genes de bactérias E. Coli foram alterados para que elas agissem como componentes eletrônicos, respondendo a sinais análogos aos de um computador

Bactérias e outras células que fazem contas matemáticas, computam chaves criptográficas ou até remendam concreto, já existem. Porém, todo esse potencial é feito na unha, se aproveitando de comportamento já existentes nesses micróbios, e não é fácil ensinar novas tarefas a eles. Para contornar este problema, o pesquisador estadunidense Christopher A. Voigt quer criar colônias de bactérias que funcionem como computadores programáveis e já deu o primeiro passo: bactérias que operam como portas lógicas.

Portas lógicas formam a base teórica de toda a eletrônica digital (e, por conseguinte, dos computadores): são elas que recebem os 0s e 1s e fazem operações matemáticas com elas. Combinando portas lógicas, é possível fazer um aparelho capaz de ler e interpretar programas. O pro cessador de um computador, hoje, é um grande emaranhado de portas lógicas e, pode-se dizer, não contém nenhum outro elemento além dessas portas.

O que Voigt fez foi alterar os genes de bactérias E. Coli para que elas agissem como estes componentes, respondendo a sinais análogos aos de um computador eletrônico. Se na computação eletrônica, os 0s e 1s são representados pelo fluxo de elétrons, na computação biológica os dados são transmitidos e guardados por elementos químicos.

As bactérias atuais ainda não são capazes de operações complexas, mas a expectativa do pesquisador da Universidade da Califórnia é gerar computadores biológicos capazes de rodar programas semelhantes a um computador eletrônico. Isso significaria uma cepa de bactérias capazes de interpretar códigos compilados a partir de linguagens de alto nível.

Impressora de ruas pode ser o fim do esforço para asfaltar

Novo sistema permite a construção de até 400 m de ruas em apenas um dia


Imagine que maravilhoso seria construir mais de 400 m de ruas por dia. E o melhor, com a força de apenas três trabalhadores. Pois um novo projeto holandês está propondo exatamente isso, um novo método de pavimentação que, em vez de utilizar caminhões de piche, utiliza peças pré-moldadas que se encaixam e são fixadas ao solo rapidamente.

Uma máquina alimentada por "tijolos" é arrastada pelas ruas em uma velocidade baixa, porém ideal para que as peças sejam bem encaixadas e não ofereçam problemas posteriores. Os trabalhadores só precisam colocar as peças na máquina. Desta forma, as linhas de peças são moldadas sem falhas e colocadas no chão rapidamente.

Apelidada de Tiger Stone, a máquina ainda possui a vantagem de ser muito mais leve que asfaltadoras tradicionais, podendo ser transportada em veículos relativamente pequenos. Por enquanto ela não deve ser utilizada para grandes obras, apenas para criar ruas em chácaras e afins.